Untitled Document
Voltar para a Home...   segunda-feira, 18 de dezembro de 2017
Siga-nos no Twitter...
Voltar para a Home...

Artigos
SEGURANÇA

As entradas dos condomínios devem ser monitoradas
Os condomínios têm sido alvo dessas incursões criminosas pois deixam de seguir alguns detalhes fundamentais para sua proteção

No final do último mês, mais precisamente no dia 30 do mês de Abril, a imprensa noticiou um fato envolvendo ocorrência em um condomínio, nos Jardins, Zona Central da Capital. O assalto se deu em condomínio de classe alta e o que mais chamou atenção foi a maneira com que acessaram o condomínio, sendo veiculado da seguinte maneira:

Criminosos fazem arrastão em prédio dos Jardins, em SP

Grupo entrou pela garagem e assaltou cinco apartamentos.

Cerca de dez criminosos fizeram um arrastão em um prédio na Alameda Lorena, na região dos Jardins, em São Paulo, na manhã desta terça-feira (30). O grupo usou um controle remoto clonado para entrar na garagem.... A polícia procura por imagens de câmeras de segurança da região, já que o prédio assaltado não possui sistema de câmeras de monitoramento. Fonte: Site G1, de 30 de abril de 2013.

Os condomínios têm sido alvo dessas incursões criminosas pois deixam de seguir alguns detalhes fundamentais para sua proteção, uma vez que se deve aliar o binômio Homem - equipamento em prol da comunidade, sendo que com esta união racional possamos criar Sistemas de Segurança adequados a cada situação ou problema.

Um dos problemas, que ocasionou a invasão citada acima, foi justamente a falha no sistema de controle de acesso, onde através desta deficiência, culminou com o assalto ao prédio. Mais uma vez ficou comprovada que a entrada de veículos é um local de alta vulnerabilidade nos condomínios. Para tanto, deve-se atentar para os corretos procedimentos de entrada nas garagens e adquirir-se controles remotos do modelo anti-clonagem e com sistema de identificação de moradores e veículos, pela portaria, além de possuir acionamento de pânico em sua botoeira, a fim de informar o porteiro qualquer situação emergencial.

Outro sistema importante para os condomínios, é o CFTV (circuito fechado de TV), pois permite que se tenha a visão e monitoramento de locais isolados ou que estejam fora de alcance de porteiros ou moradores, facilitando o controle dos pontos sensíveis e vulneráveis das edificações. Com a instalação de tais equipamentos eletrônicos de segurança, pretende-se dificultar e até inibir a intrusão de qualquer indivíduo pelas áreas frontais do condomínio. Diante disto, faz-se necessário que tais equipamentos estejam sempre ligados, possuam gravação constante e estejam em perfeito funcionamento, a fim de não sermos surpreendidos por ações delituosas deste estilo.

O síndico e administrador, que forem instalar qualquer tipo de equipamento eletrônico de segurança, deverão se ater para que a manutenção dos equipamentos não tenham falha, quer seja preventiva ou mesmo corretiva. Tudo para que funcionem corretamente e de forma que não causem nenhuma surpresa no momento de necessidade e urgência.

Estas medidas valem para que possamos prevenir delitos contra os condomínios, de maneira legalizada e segura.

José Elias de Godoy

Especialista de Segurança em Condomínios e autor dos livros

"Manual de Segurança em Condomínios’’ e "Técnicas de

Segurança em Condomínios".

elias@suat.com.br



  Untitled Document





Untitled Document

Jornal Sindico News - Editora Santa Luiza Ltda.
Tel: 11 5573-0333 - São Paulo - contato@sindiconews.com.br
© COPYRIGHT 2012 - Todos os direitos reservados
 
1181775 visitas
 
Desenvolvido por