Untitled Document
Voltar para a Home...   terça-feira, 17 de outubro de 2017
Siga-nos no Twitter...
Voltar para a Home...

Artigos
SEGURANÇA

Porteiros devem ser profissionais de confiança
Idoneidade moral, aptidão profissional, formação educacional e capacidade física adequadas ao serviço.

Neste último mês de Junho tivemos, lamentavelmente, mais um assalto ocorrido em condomínio na região central, onde uma quadrilha invadiu um prédio com a ajuda de um porteiro. O fato foi veiculado pela imprensa da seguinte forma:
“A Polícia Civil prendeu quatro homens responsáveis pela invasão a um prédio na Rua Augusta. O quinto detido é o porteiro do imóvel, que facilitou a entrada do bando. A ação ocorreu às 14h. Integrantes da 6ª Delegacia de Patrimônio do Deic  apuravam a participação da quadrilha em roubos. A equipe conseguiu detectar o crime em andamento. Os policiais realizaram a abordagem quase na porta do edifício. Houve troca de tiros. Um envolvido e o funcionário foram presos no local. Outros três acabaram detidos em Barueri, na Grande São Paulo.” Fonte: Site SPNOTÍCIAS, de 21/06/13.
Vale a pena ressaltar que na quase totalidade dos furtos, roubos e invasões de Conjuntos Residenciais, os meliantes adentraram pela porta da frente, ou seja , pela Portaria Principal dos Condomínios, utilizando-se dos ardis mais diversificados, aproveitando-se, principalmente, do pouco preparo de alguns  porteiros, ou até cooptando-os para facilitarem a entrada nos condomínios, fazendo com que acabem participantes da quadrilha, pagando pela facilitação na abertura dos portões de entrada. 
Visto isto, podemos perceber quão importante é a atuação do porteiro no sistema de proteção de um Condomínio e, portanto, ficam aqui as indagações: Quanto custa a segurança de sua família e, por consequência, a de seu patrimônio? O que representa, no orçamento do Condomínio, uma boa contratação e o aperfeiçoamento pessoal de seus porteiros, a fim de que se tenha um profissional a altura das necessidades de cada Conjunto Residencial?
Para se chegar a este nível, devemos atentar inicialmente para a seleção e contratação de pessoas com qualificações, tais como: idoneidade moral, aptidão profissional, formação educacional e capacidade física adequadas ao serviço. Após isto, oferecer um salário digno à importância de seu trabalho, além de promover treinamento adequado aos futuros porteiros, a fim de prepará-los profissionalmente dentro das atividades relativas à sua importante função e adaptá-los às normas, rotinas  e regulamentos de cada  Condomínio.
Feito tudo isto, devemos promover a implantação do serviço, com um acompanhamento bem aproximado do desempenho dos porteiros, corrigindo possíveis distorções e orientando-os em caso de dúvidas e problemas que possam surgir.
Todas estas etapas demandam uma  aplicação de tempo e dinheiro, mas cabe-nos lembrar que a tranquilidade, segurança e confiabilidade profissional proporcionadas por porteiros bem preparados não é um custo, mas sim um excelente investimento.

José Elias de Godoy
Especialista de Segurança em
Condomínios e autor dos livros
“Manual de Segurança em
Condomínios’’ e “Técnicas de
Segurança em Condomínios”.
elias@suat.com.br



  Untitled Document





Untitled Document

Jornal Sindico News - Editora Santa Luiza Ltda.
Tel: 11 5573-0333 - São Paulo - contato@sindiconews.com.br
© COPYRIGHT 2012 - Todos os direitos reservados
 
1048130 visitas
 
Desenvolvido por