Untitled Document
Voltar para a Home...   terça-feira, 17 de outubro de 2017
Siga-nos no Twitter...
Voltar para a Home...

Artigos
SEGURANÇA

A triagem na portaria tem que ser bem feita
No último mês de julho,  foi divulgado pela imprensa que uma quadrilha assaltou um condomínio na Aclimação onde levou cerca de R$ 70.000,00 em dinheiro, mais joias e bijuterias de comerciantes orientais que residiam no local. A notícia foi veiculada da seguinte forma: “Ladrões tentam fugir com R$ 70 mil de condomínio e são impedidos por funcionários e moradores. Para entrar, suspeito conseguiu enganar o zelador; dupla entrou em imóveis de comerciantes Funcionários e moradores conseguiram imobilizar ladrões que faziam um arrastão em um condomínio de alto padrão na Aclimação, bairro da zona sul de São Paulo. Os bandidos foram impedidos de fugir quando já carregavam mais de R$ 70 mil. Para entrar no prédio, os ladrões conseguiram enganar o zelador. Um dos bandidos disse que estava hospedado no apartamento de um morador e até tinha a chave. O zelador acreditou e abriu o portão. Os criminosos foram até o sétimo e o oitavo andares e arrombaram dois apartamentos.”  
(Fonte: http://noticias.r7.com, de 17/07/14).
 
Nos últimos meses, essa modalidade de delito e modus operandi dos bandidos tem crescido na cidade de São Paulo, inclusive sendo pessoas orientais as maiores vítimas desses assaltos. Observando os fatos, percebe-se que mais uma vez os ladrões se aproveitaram da fragilidade do sistema de controle de acesso dos prédios para cometerem seus delitos e invadirem o condomínio. Dentro do edifício, eles arrombam os apartamentos, e cometem os furtos, levando dinheiro, jóias, dólares, celulares e até veículos. Na grande maioria, se aproveitam da ausência dos moradores e empregados. Através disto, constatamos, mais uma vez, a ingenuidade e falta de preparo técnico do colaborador  que não confirmou a veracidade das informações e se as pessoas eram realmente hóspedes de moradores do prédio. Visto tudo isto, concluímos que não podemos esquecer de se ter cadastro atualizado de todos moradores na portaria, além dos prédios possuírem sistemas de controle de acesso informatizados e, de preferência, com fotos de todas pessoas que entram no condomínio. Para tanto, há a necessidade de que os empregados sejam treinados e preparados a exercerem  suas funções, principalmente aquelas que dizem respeito a segurança.
E por fim, os condôminos devem estar conscientes sobre a importância em se  integrar com os prédios e se cadastrarem corretamente, bem como seus familiares e empregados, a fim de facilitar o trabalho da portaria e aumentar a segurança do condomínio. Cabe ressaltar a ação posterior do próprio funcionário que passou a observar a movimentação dos dois homens pelas câmeras de segurança. Quando percebeu que eles saíriam com objetos na mão, impediu que deixassem o prédio e acabassem presos pela polícia.

José Elias de Godoy
Especialista de Segurança em
Condomínios e autor dos livros
“Manual de Segurança em
Condomínios’’ e “Técnicas de
Segurança em Condomínios”.
elias@suat.com.br


  Untitled Document





Untitled Document

Jornal Sindico News - Editora Santa Luiza Ltda.
Tel: 11 5573-0333 - São Paulo - contato@sindiconews.com.br
© COPYRIGHT 2012 - Todos os direitos reservados
 
1048167 visitas
 
Desenvolvido por